De uns tempos para cá, a moda plus size no Brasil vem ganhando uma boa notoriedade. Não é para menos: a população está, mais e mais, se atualizando, se empoderando, e exigindo que as marcas se adequem às suas necessidades. Basta observar nos grandes centros urbanos ou, até mesmo, na própria internet que, rapidinho, você perceberá como cresceu o número de lojas com foco no setor — e que bom, né?

Porém, a verdade é que nem sempre foi assim. Por muitos anos, encontrar roupas capazes de se adequar aos corpos plus size era uma tarefa sofrida. Em muitos casos, era preciso recorrer aos trajes extremamente largos, sem qualquer tipo de caimento, estilo ou capacidade de realçar os seus pontos positivos, prejudicando completamente as questões que envolvem a autoestima.

E diante de todas essas informações, nada melhor do que discutirmos a respeito da moda plus size e a sua importância para a nossa sociedade e mercado atual. É exatamente isso o que faremos no post de hoje. Se você tem interesse no assunto e também deseja entender melhor o cenário, acompanhe a leitura para se atualizar e conferir as tendências que estão te esperando!

Como surgiu a moda plus size no Brasil?

Nas redes sociais, blogs ou portais de notícias, não dá outra — a moda plus size já ganhou o seu espaço reservado. E embora não pareça, esse termo vem sendo utilizado há décadas.

Ao que tudo indica, ele foi usado pela primeira vez em 1920, pela norte-americana Lane Bryant, uma estilista que produzia roupas femininas exclusivas para gestantes. Ainda naquela época, ela percebeu que os principais fabricantes não confeccionavam peças capazes de se adaptar aos corpos de mulheres que não se encaixavam nos “padrões” da sociedade.

A partir desse cenário, a designer mediu inúmeras de suas clientes, a fim de criar um modelo que fosse mais confortável e adaptável. Finalmente, em 1922, Bryant desenvolveu a sua peça e, com isso, outras marcas entraram no clima e começaram a oferecer vestidos e casacos plus size em seus catálogos. 

Já em 1930, o mesmo aconteceu no Reino Unido, com a famosa Evans — uma marca que tinha um objetivo muito parecido ao da Lane Bryant e que, rapidamente, atingiu notoriedade mundial.

É claro que não acabou por aí. O movimento continuou em alta — seja nos anos 1950, com a marca Korrel; entre as décadas de 1970 e 1990, com os baby boomers; ou em 1980, por conta do surgimento da Big Beauties/Little Woman, a primeira agência de top models plus size do mundo.

O mercado de moda plus size no Brasil

No Brasil, demorou um pouco até que as marcas começassem a investir no setor. Foi recentemente que as empresas perceberam a necessidade entre o público “fora do padrão” na hora de encontrar roupas que servissem, fossem bonitas e caíssem adequadamente.

Porém, assim que notaram essa demanda, muitas lojas passaram a apostar na confecção de coleções exclusivas para manequins com numeração acima de 44. Há ainda, os nomes que vendem exclusivamente para o público plus size, que são especializados neste nicho e prezam totalmente pela satisfação de seus consumidores.

O foco é fazer com que essas pessoas consigam encontrar trajes de acordo com as suas medidas, que estejam por dentro das tendências globais, que consigam valorizar as suas curvas e elevar a autoestima — sem comprometer as suas atividades diárias ou causar incômodos.

De acordo com um levantamento, realizado pela Associação Brasileira do Vestuário (Abravest), esse nicho do mercado vem crescendo 6% ao ano, movimentando aproximadamente R$5 bilhões. E ainda segundo a associação, a previsão é que tal crescimento continue firme e forte, mantendo um índice de, no mínimo, 10% ao ano.

Quais as tendências da moda plus size no Brasil em 2020?

Assim como acontece com a moda masculina, a moda praia e demais categorias do universo fashion, a moda plus size também é impactada por tendências a cada temporada. 

Em 2020 não será diferente, e já podemos notar inúmeras novidades que vieram para abalar a estação de outono/inverno. Citamos as principais abaixo!

Estampa xadrez

Extremamente democrática, a estampa xadrez cai muito bem em qualquer estilo de produção. A opção ainda pode ser utilizada em diferentes peças — calças, vestidos, camisas, bermudas ou em casacos, adicionando um toque mais clássico e sofisticado no look.

Para quem gosta de combinações discretas, o ideal é investir em versões que carregam um fundo mais neutro, como o preto, o cinza ou o bege. Já se você preferir outfits chamativos, considere as opções em vermelho e em padronagem “buffalo check”. Não tem erro!

Blusa de gola alta

Será que existe uma peça de roupa que seja mais a cara do outono/inverno do que a gola alta? Difícil! Prática, atemporal e elegante, essa blusa pode ser tranquilamente utilizada na moda plus size — desde que você se sinta confortável.

A vantagem, é que existem vários tipos de gola disponíveis, que vão desde as mais estreitas e com comprimento até o queixo, até outras bem curtinhas e de diâmetro maior. 

Aposte em tons terrosos ou neutros e crie combinações incríveis com saias midi esvoaçantes, leggings mais justas, calças de alfaiataria ou joggings e qualquer outro traje de sua preferência.

Tons vibrantes

Entre as principais tendências da moda plus size no Brasil, também destacamos as tonalidades marcantes. Até porque, quem disse que só de cores neutras se faz um visual bacana? Se você é uma pessoa que gosta de esbanjar alegria e descontração por aí, vale apostar em tons variados.

Uma opção que está fazendo bastante sucesso é o amarelo, que fica lindo quando usado no próprio look ou em acessórios. Temos também, o Classic Blue — eleito a cor do ano, pela Pantone, podendo ser coordenado com diferentes tonalidades e estampas. Tudo dependerá da sua criatividade, estilo e ocasião.

Dica Almaria

Esse é um excelente momento para aproveitar as roupas de verão e misturá-las com as suas vestimentas de inverno. Normalmente, é na época mais quente do calendário que usamos peças coloridas, tais quais as rosas, as laranjas, as vermelhas e muitas outras. Portanto, coloque a criatividade para trabalhar!

Viu só? Com esse post completíssimo, esperamos que você já tenha entendido tudo sobre a moda plus size no Brasil

Agora, é só aproveitar essa chuva de informações para criar produções variadas e fazer com que essa febre se torne cada vez mais comum. Na loja virtual da Almaria é possível encontrar vários itens fantásticos. Dê uma espiadinha!