Um dos 7 estilos universais mais adorados do mundo é o romântico: se você leu o nosso post sobre o assunto e se identificou com o modo de se vestir delicado, gracioso e doce desse estilo, então tem que conhecer a tendência ladylike!

Inspirada nos anos 40 e 50, o seu aesthetic envolve peças vintage e super femininas como as que Marilyn Monroe, Audrey Hepburn e Grace Kelly usavam.

Quer descobrir o que o estilo ladylike é exatamente, a sua origem e como adotá-lo nas composições plus size modernas? Então este guia especial da Almaria é a solução, vem conferir!

Ah, e depois que ler e se apaixonar pela modelagem, cores e graciosidade do estilo, dê uma passadinha na nossa seleção de roupas românticas para encontrar as melhores peças que citamos em tamanhos grandes!

O que é o estilo ladylike?

O estilo ladylike é todo sobre delicadeza e feminilidade. Apesar de ter nascido lá em meados de 1947, de tempos em tempos ele volta à moda. As silhuetas justinhas na cintura e a paleta de cores mais clara e neutra passa a compor os visuais de quem ama as divas da época.

Vestir-se com esse estilo é um processo que não tem segredo, só é bom evitar roupas muito largas e cortes muito retos. Depois, basta usar sem medo as peças vintage como saias mídi, saltos tipo scarpin e estampas atemporais.

O objetivo é sempre alcançar um visual feminino, romântico, delicado, e bem arrumado!

No entanto, por mais que o ladylike esteja super em alta agora, é importante lembrar que a maior tendência da atualidade é ser a sua versão mais autêntica, seja ela uma mulher mais romântica ou uma mais moderna e grunge. Precisamos nos desprender um pouco das tendências passageiras e nos vestir como realmente gostamos, não acha?

Logo, antes de receber as dicas de moda em si, precisamos reforçar que você não deve se preocupar com as amarras sociais que ditam o que mulheres plus size devem ou não usar: use o que te faça sentir bem e veja o boost que isso vai dar no seu processo transformador de aceitação do corpo!

Com isso em mente, que tal estudar um pouco sobre a trajetória fascinante do estilo ladylike? Vem viajar por uma parte da história da moda e aterrissar de volta ao século 21 prontinha para montar looks certeiros e bem fundamentados!

A História do estilo ladylike

Em 1947, o icônico e vanguardista estilista Christian Dior criou o New Look, uma coleção nunca antes vista que incluía saias longas e cheias e casaquinhos tipo o nosso blazer, só que bem marcados na cintura.

O problema é que essas roupas exigiam o uso de metros e mais metros de tecidos, o que foi uma decisão considerada insensível visto que a população ainda estava se recuperando financeiramente da Segunda Guerra Mundial, que tinha acabado apenas 2 anos antes do lançamento da coleção.

Por isso, o New Look de Dior recebeu muita atenção e foi alvo de várias críticas – o que, por sua vez, talvez também tenha ajudado a popularidade da coleção crescer tanto. As modelagens do estilista, como você pode imaginar, passaram a ter um gostinho mais doce no paladar do público.

Apesar desse começo meio turbulento, ícones da moda como Jackie Kennedy, Grace Kelly, Marilyn Monroe e Audrey Hepburn confiaram nas modelagens de Dior e impulsionaram a popularidade das saias rodadas e todo o romantismo que permeia o estilo – hoje, o New Look já se imortalizou no vestuário de muitas mulheres que amam o visual ladylike.

Como usar o estilo ladylike?

Prontinho, chegamos às dicas práticas de como inserir o estilo ladylike em looks plus size! A seguir, vamos citar quais traços e peças apostar em cada âmbito do seu visual, mas não se esqueça que as cores pastéis e neutras regem todo o espectro do estilo, então use-as nas dicas!

Roupas

A aparência vintage que o estilo demanda não quer dizer apenas o uso de peças velhas e ultrapassadas! A maneira mais fácil e adequada de se vestir com roupas vintage é intercalar peças clássicas como a saia mídi cintura alta com outras mais moderninhas, tipo os croppeds.

Ou seja. não é necessário que você se vista como a personagem de um filme de época, pois hoje existem diversas opções de estampa e tecido que dão um visual bem mais atual para essas peças tradicionais. E se você quiser levar o estilo ladylike a ambientes mais formais como o trabalho, as calças de alfaiataria são a solução!

Procure um modelo que tem um caimento bem certinho no corpo, combine-o com uma blusa de babados ou mangas elaboradas e arrase com esse look super feminino e delicado! Ah, e não se esqueça de incorporar as cores pastel no visual!

Se quiser descobrir agora mesmo quais as tonalidades ficam melhor em você de acordo com a colorimetria, confira o nosso post sobre como descobrir a sua paleta de cores!

Calçados

Nos pés, o estilo ladylike ama um belo par de salto alto e fino tipo scarpin – o calçado gera uma elegância e delicadeza imbatíveis! Mas, assim como no caso das roupas, os tempos modernos flexibilizaram as opções que o estilo carrega: atualmente, os tênis e botas tratorados já estão sendo incorporados no look romântico para criar um equilíbrio de estéticas incrível!

Acessórios

Brincos e colares de perolas, correntes douradas fininhas, cintos finos, laços de cabelo e óculos de sol de gatinho e bolsas tipo clutch são alguns dos acessórios que acentuam perfeitamente o estilo ladylike – aposte sem medo, pois a delicadeza vem principalmente dos detalhes!

Penteado

O estilo ladylike pede por penteados mais arrumadinhos como coques e rabos de cavalo, mas se preferir deixar o cabelo solto pode prender apenas as mechas da frente com fivelas ou presilhas, o que cria um visual super romântico e delicado.

Fazer ondas suaves também é uma ótima ideia, pois dá mais volume e dimensão ao rosto. Aliás, se quiser conferir mais dicas de cabelo para ficar maravilhosa, temos o post perfeito para te ajudar, dê uma olhadinha!

Maquiagem

Para finalizar o look ladylike com chave de ouro, uma maquiagem bem leve é a solução. O ideal é não carregar na base, contornos e sombras e apenas acentuar os seus traços.

O delineado gatinho ajuda a abrir e marcar o olhar de forma bem delicada, então é um queridinho das mulheres que têm um estilo romântico, assim como o blush nas bochechas e no nariz, que imita um queimadinho do sol e cria um visual inocente e jovial.

Nos lábios, dá para antecipar que cores mais neutras e rosadas são as mais adequadas, né? Um batom nude ou rosa clarinho podem ser considerados parte do uniforme típico ladylike, mas isso não quer dizer que você não pode arrasar com uma boca bem vermelha quando a ocasião estiver pedindo.

Vamos fechar este post reforçando que nenhum dos tópicos citados deve ser usado como regra, limitando o que você pode ou não pode usar: o nosso propósito é somente fornecer um norte para que você saiba como alcançar o visual e a estética ladylike, mas sinta-se livre para fazer as adaptações que preferir por aí!

E se quiser continuar os seus estudos e aprimorar o seu estilo, confira também o nosso post com os 9 melhores livros de moda para criar looks bem fundamentados!