Manter tudo arrumadinho vai muito além da estética. Você ganha tempo, pois encontra os itens que precisa com mais facilidade e ainda por cima aumenta seu bem-estar. Afinal, como organizar o guarda-roupa e não se sentir bem com isso? Tem que concordar que a bagunça estressa, não é mesmo?

Hoje em dia, podemos contar com um profissional muito importante nesse ramo. O personal organizer faz esse trabalho de arrumação levando em consideração o estilo de vida do cliente, seus hábitos e preferências. Mas você não foge da tarefa de manter a organização, viu?

E para quem não pode contar com uma arrumação profissional, a gente reuniu 10 dicas para organizar o guarda-roupa. Veja como ter seus itens em ordem e um armário funcional com sugestões para você colocar em prática hoje mesmo!

1. Primeira dica para manter o guarda-roupa organizado é tirar tudo de dentro

O primeiro passo de como organizar o guarda-roupa pode parecer um pouco assustador, mas é extremamente necessário. Só assim você terá uma visão clara do espaço que tem e vai conseguir planejar e reorganizar sem a influência dos itens que já estão em seus lugares. 

Durante essa etapa, já vai separando os itens por categorias: camisas, calças, fitness, roupa de cama… É fundamental manter a organização desde o início.

2. Desapega! Separe peças para tirar do armário

Pelo menos uma vez no ano, é importante que você reveja suas roupas, sapatos e acessórios e se desfaça daquilo que não serve mais. Seja porque não te cabe, não faz mais seu estilo, ou você simplesmente não usou no último ano. Para facilitar, separe as peças em 3 pilhas:

  • Manter: esse costuma ser o maior montante. Deixe no seu armário aquelas peças que você usa com frequência, estão em bom estado, têm bom caimento e você ainda gosta.
  • Doar: como organizar o guarda-roupa e não passar por essa etapa? Aqui, vão aquelas peças que não servem em você, seja porque engordou, emagreceu ou mudou de estilo, o que é natural acontecer. Dê um novo lar também àquelas roupas que você não usou no último ano, mesmo que você ainda goste delas. Se não usa, é melhor que ela sirva para outra pessoa que precisa, certo?
  • Lixo: coloque nessa pilha aquilo que está muito velho e que não serve para doação. Isso inclui roupas rasgadas e que não têm conserto, acessórios quebrados ou coisas sem utilidade. 

3. Use organizadores de guarda-roupa para determinar os espaços para cada item

Então, chegou a hora de começar a encher o armário novamente. Para otimizar o espaço e ter tudo arrumado mais facilmente, você pode contar com acessórios que servem como organizador de guarda-roupa, como:

  • Cabides iguais: além da estética mais agradável, ter cabides iguais ajuda a encontrar as roupas mais facilmente. Quando eles têm alturas diferentes, os mais baixos tendem a ficar escondidos, e você pode acabar não usando as peças porque não vê. Se não for possível ter todos iguais, uma dica para organizar o guarda-roupa é criar espécies de seções com aqueles que são do mesmo tipo. 
  • Organizador de cabides: essa é uma das principais dicas para organizar o guarda-roupa se ele for pequeno. Esses acessórios reúnem mais de um cabide por gancho e eles ficam um abaixo do outro. Isso possibilita pendurar várias roupas, mantendo elas visíveis, mas sem ocupar tanto espaço.
  • Calceiro: é um outro tipo de organizador de cabides, que permite pendurar mais de uma calça por gancho. Mas, se não tiver essa opção, a dica para manter o guarda-roupa organizado é pendurar cada calça social em um cabide. Quanto às peças jeans, podem ficar em prateleiras ou gavetas, pois não amassam.
  • Colmeias, caixas e divisórias: esses são ótimos exemplos de organizador de guarda-roupa, pois permitem separar os itens e aproveitar melhor os espaços, já que é possível empilhar caixas ou outros itens com uma colmeia, por exemplo. Só evite as caixas de papelão, pois são mais suscetíveis à umidade. Quanto às divisórias, são boas para separar os itens em gavetas e organizar até seus acessórios.
  • Ganchos: se você tem um armário com a porta que abre para frente, pode usar o lado de dentro dela para pendurar ganchos e otimizar o espaço. Dá para colocar cintos e bolsas, por exemplo.

4. Como organizar o guarda-roupa por tipo de peça

Entre as dicas de organização para o guarda-roupa, essa é um verdadeiro clássico! Seja em gavetas ou cabides, o ideal é agrupar as peças por tipo: separe camisas, calças, shorts, saias, roupas de praia, pijamas, roupas esportivas…

Isso mantém um visual mais organizado e facilita na hora de procurar o que você quer. Melhor ainda se você conseguir juntar as peças por cor.

E sabe aquelas peças que você não usa tanto? Coloque nas prateleiras mais altas. Para otimizar, pode ainda trocar a ordem de acordo com a estação do ano. Assim, vai ter sempre à mão aquelas peças que vai usar com frequência no período, e o restante do ano ficam guardadas e não ocupam espaço ou poluem visualmente o armário.

5. Dobrar e armazenar da maneira correta otimiza os espaços

Saber dobrar suas roupas também é uma das dicas para organizar o guarda-roupa que você não pode ignorar. Aqui, o pulo do gato é dobrar tudo do mesmo tamanho. Assim, você ainda ganha espaço. Além disso, deixa tudo visualmente mais bonito e as peças mais fáceis de encontrar. Confira essas dicas:

  • Meias: muita gente dobra as meias colocando uma dentro da outra, formando uma bola. Entretanto, essa forma esgarça o elástico e estraga as meias mais rapidamente. A melhor forma de guardar os pares é juntando e dobrando ao meio, ou fazendo rolinhos e encaixando em colmeias.
  • Cobertores, edredons e toalhas: podem ser guardados em rolinhos e empilhados para ocupar menos espaço. Dobre apenas aqueles edredons mais volumosos, em que não é possível enrolar.
  • Vestidos de festa ou muito bordados: o ideal é que fiquem em caixas, pois o tecido pode ceder se ficar pendurado em cabide.
  • Casacos: eles podem ficar pendurados em cabides, sem problemas. Contudo, aqueles mais volumosos e que você não usa com tanta frequência podem ser dobrados e guardados em caixas.
  • Lenços: dobre poucas vezes para evitar marcas. Eles podem ficar em gavetas específicas ou caixas, dependendo do quanto você manuseia os itens no dia a dia.
  • Pendure os cintos em cabides: isso ajuda a conservar e a encontrar o item desejado quando precisar. Alguns armários e móveis planejados já têm um espaço destinado a esses acessórios. Mas se não for o seu caso, vale usar um cabide de plástico ou madeira.
  • Chapéus e bonés: para não amassar, você pode colocar um dentro do outro ou armazenar em caixas e cestos.
  • Roupas de tricô e lã: também precisam ser dobradas e guardadas em gavetas ou caixas. Quando penduradas em cabides, podem ter as tramas deformadas. Também para evitar que puxe fio ou enrosque em outro item armazenado junto, guarde essas peças em sacos de tecido ou protetores específicos.

6. Organize suas gavetas

A gente já deu algumas dicas para organizar o guarda-roupa que tenha gavetas ou até uma cômoda, mas é importante destacar essa etapa da arrumação.

Além de usar um organizador de guarda-roupa, como colmeia ou divisórias, na hora de colocar os itens nas gavetas, separe por tipo e tente dobrar do mesmo tamanho.

O que pode fazer muita diferença em caso de pouco espaço é colocar as roupas “em pé” em vez de empilhadas. Essa técnica também vai deixar os itens mais visíveis.

7. Saiba como guardar bolsas e malas

Nesse caso, o ideal é guardar bolsas em prateleiras ou divisórias. Coloque elas lado a lado para não amassar. As que você usar menos, como as de festa, podem ficar mais “escondidas”. Contudo, uma dica importante é colocar enchimento para não amassar e guardar em protetores.

Já malas e bolsas de viagem podem ser armazenadas na parte mais alta do armário – aquela que você precisa de um banquinho ou escada para alcançar, sabe?

8. Limpe e organize os calçados

E, claro, entre as dicas para organizar o guarda-roupa, não podemos esquecer dos sapatos. Faça uma limpeza neles, passando um pano úmido e retirando resíduo de terra e sujeira. Isso ajuda a conservar seus calçados por mais tempo. 

Suas botas podem ser guardadas em caixas, já que não costumamos usar o ano inteiro. No entanto, não se esqueça de colocar enchimento dentro delas, principalmente nas de cano alto. Assim, evitar que amassem.

9. Roupa de cama no guarda-roupas? Saiba organizar!

Muita gente precisa guardar a roupa de cama no mesmo armário em que ficam roupas e calçados. Nesse caso, uma dica é guardar o jogo todo dobrado junto: cobre-leito, lençol e fronhas do mesmo conjunto. Desse jeito, quando você precisar, já vai estar tudo agrupado e pronto para usar.

Leve também em consideração outras dicas que demos aqui, como guardar em rolinhos as toalhas e cobertores menores.

10. Mantenha a organização no dia a dia

E de nada adianta todas essas dicas de como organizar o guarda-roupas se você não mantiver a arrumação, certo? Portanto, sempre que usar um item ou tirar do lugar, trate de colocar de volta. Se o dia a dia estiver corrido e não te deixar prestar muita atenção na arrumação, tire ao menos um dia na semana para colocar tudo em seu devido lugar.