Você sabia que existe uma ciência por trás da escolha das suas roupas? Pois é, a teoria da colorimetria está inconscientemente agindo no nosso dia a dia – você já notou que uma cor deixou a sua pele ‘apagada’, enquanto outra te deixa um tantinho mais linda toda vez que a usa, por exemplo? Pois essa é a prova concreta do poder da paleta de cores no vestuário! 

Usar essa ciência a seu favor pode potencializar muito os seus looks, já que ao mesmo tempo que a má escolha das cores pode desfavorecer a sua aparência. As opções certas podem iluminar a sua pele e até mesmo disfarçar marcas de expressão, olheiras e espinhas!

Quer conseguir esses efeitos através das roupas e organizar o seu guarda roupas com peças certeiras? Então continue a leitura, pois a Almaria Plus Size selecionou 5 dicas fáceis e que realmente funcionam para te ajudar realizar a famosa análise cromática, essencial para descobrir a sua paleta de cores.

Ah, e fique até o final, porque ainda incluímos um mini tutorial de como inserir esses novos conhecimentos de colorimetria na sua rotina! 

1. Experimente

Essa primeira dica pode parecer simples, mas experimentar – de verdade – as suas roupas é o primeiro passo para se vestir melhor. Calma que vamos explicar: muitas vezes nós montamos um look e imediatamente o descartamos, sem sequer analisar o que nos incomoda sobre ele.

Afinal, as regras que a sociedade impõe a mulheres gordas incluem não mostrar a barriga, não usar decotes, cores chamativas ou peças muito curtas. Todas essas regras, mesmo que de forma indireta, ficam alojada no nosso inconsciente e dificultam a nossa auto aceitação. Mas já passou da hora de deixarmos as inseguranças causadas pelos outros de lado, né? 

Se o principal motivo que te impede de usar aquela blusinha super brilhante que comprou for essa insegurança, experimente olhar para si no espelho com um olhar mais bondoso e veja quais as peças que você realmente ama usar, sem a pressão do julgamento alheio por trás. 

Assim, você pode traçar um padrão das cores que te complementam e definir, de maneira imparcial, a sua própria paleta de acordo com o seu estilo preferido! Ah, e fazer essa experimentação num cômodo bem iluminado de paredes e luzes brancas pode ser mais fácil, pois não há a interferência do ambiente. 

Se precisar de ajuda para descobrir o seu estilo, leia o nosso post sobre o guia dos 7 estilos universais e tire todas suas dúvidas!

2. Encontre cores que completam o seu subtom de pele

Se você realizou a dica anterior mas quer definir a sua paleta com uma base teórica, a forma mais segura de descobrir a sua paleta de cores é através da análise cromática, uma teoria que usa de alguns critérios para selecionar quais cores te complementam melhor.

A fins didáticos, essa teoria separa as cores em grupos, baseando-se na sua similaridade com as estações da natureza. Para exemplificar: o inverno fica com os tons frios como azul e cinza, o outono com os terrosos como marrom e laranja e assim vai.

Com base na análise cromática, você pode encontrar o seu subtom de pele e descobrir quais cores o complementam. Para isso, alguns fatores como a tonalidade e a temperatura da pele, dos olhos e do cabelo precisam ser analisados. Isso ocorre porque o ‘tom de fundo’ existente no nosso corpo afeta como as cores se comportam em cada pessoa. 

Logo, conhecer esse subtom é essencial para saber qual é a sua paleta! O ideal é que a análise desses fatores seja feita numa consultoria profissional de cores, mas existem algumas formas de descobrir o seu tom de fundo em casa mesmo, veja só:  

Exposição solar: se a sua pele fica avermelhada ao sol, provavelmente a cor da sua pele tem o tom de fundo frio; se fica bronzeada, é quente; 

Teste do pulso: as veias do seu pulso também podem apontar qual é o subtom da sua pele:  se forem roxas ou azuis, o seu subtom e frio, mas se forem verdes ou amarronzadas ele é quente;

Teste do ouro e prata: essa é a opção parece receitinha caseira de vó, mas consiste em comparar como as joias douradas e prateadas ficam na sua pele e ver qual combina melhor – o ouro indica subtons quentes e a prata frios.

Com a consciência de qual é o seu tom de fundo, fica bem mais fácil definir a paleta de cores que vai completar as suas qualidades, seja nas roupas ou até na maquiagem. No entanto, fique tranquila, pois isso não significa que você deve usar apenas cores frias ou quentes, porque toda cor tem a sua variação nas duas temperaturas. 

3. Aplicativos 

Descobrir qual é a sua paleta de cores também pode ser feito por meio de aplicativos para smartphone! Geralmente, eles mostram as paletas que mais combinam com a sua pele com base numa análise feita pela própria câmera do celular. O app My Best Colors é um bom exemplo! A plataforma conta com uma descrição de como cada conjunto de cores funciona e explica quais roupas ficariam harmônicas em você. 

4. Sites

A nossa última dica para encontrar qual é a sua paleta de cores é o site Colorwise.me, que analisa os tons da sua pele, cabelo e olhos e diz quais são as cores que te complementam. Ou seja, é basicamente a mesma função do app que citamos acima, então faça os dois testes e nos diga nos comentários qual funcionou melhor para você! 

A partir dessas análises, fica muito mais fácil identificar quais cores vão conseguir disfarçar aquelas imperfeições chatinhas e valorizar as suas qualidades. Esse efeito fica bem claro numa consultoria, em que o profissional compara tecidos diferentes com o rosto da pessoa – o tecido da cor que é similar aos subtons da pele age como um filtro embelezador!

Como usar a paleta de cores ao longo da rotina?

Se você está desapontada porque descobriu que a sua cor preferida não faz parte da paleta recomendada pelo site, app ou profissional da colorimetria, confira essa dica extra:

As informações que você recebeu aqui não devem te limitar ou fazer com que você jogue fora todas as peças nas cores que supostamente não te complementam – elas apenas devem servir como um norte para que você possa montar looks mais valorizadores. Afinal, a moda não deve ser excludente, e sim inclusiva!

Se você chegou por agora no universo fashionista, leia nossas recomendações de livros de moda e aprenda mais sobre estilo e como implementar algumas técnicas de acordo com o seu closet. 

Saiba que é possível usar cores super opostas e ainda sim garantir harmonia! Nos conte qual as cores que mais combina com você e confira agora o nosso post sobre a tendência color block!