Estilo dramático: 6 características e principais elementos

O estilo dramático faz parte dos 7 estilos universais e, como o próprio nome sugere, é composto de visuais impactantes que desafiam as estratégias de combinação da moda.

Para aprender com a Almaria como construir visuais imponentes seguindo essa tendência, veja 6 elementos que não podem faltar no look dramático:

1. Alto contraste entre as cores

O alto contraste das cores é o que impacta o visual, então a melhor escolha é fugir dos tons convencionais. Para dramatizar, uma boa saída é usar cores complementares (verde e vermelho, amarelo e roxo, laranja e azul, por exemplo).

As tonalidades precisam de alta saturação – é para chamar a atenção mesmo. Invista nas seguintes cores:

  • Vermelho Ferrari;
  • Verde-Bandeira;
  • Berinjela;
  • Fúcsia;
  • Amarelo-Canário;
  • Azul-Royal;
  • Preto.

As combinações monocromáticas e com candy colors não fazem tanto parte dessa estética, já que são mais básicas e não entregam um visual muito poderoso. Elas caem melhor com o estilo romântico.

Com isso em mente, sabemos que o estilo dramático exige criatividade na hora de montar seus looks. O círculo cromático é uma boa ferramenta para usar, pois mostra quais cores combinam entre si (mesmo que, à primeira vista, não pareça).

Modelo veste conjunto de calça e camisa laranja listrado

2. Estampas ousadas e rebeldes

Xadrez, risca-de-giz, chevron e psicodélico são belos exemplos de estampas que acrescentam dramaticidade ao look. O toque de arte surrealista com elementos orgânicos proporcionam a sensação de rebeldia que o visual precisa.

O legal das estampas ousadas é que elas são compostas por elementos que não combinam a princípio, mas que, ao serem unidos, ficam bem interessantes. Pense em arabescos com flores, listras com poá, animal print com padrões geométricos.

As possibilidades são infinitas e vão ser super divertidas de combinar, pois permitem que a sua criatividade floresça. Caso queira ter certeza de que vai acertar no combo, recomendamos que escolha peças que compartilham tonalidades parecidas.

Dicas extras: primeiro, una o mesmo desenho, mas em tamanhos diferentes. Essa estratégia é segura e estilosa! Segundo, arrisque no mix de estampas. Ambas estratégias criam visuais lindos, veja mais sugestões:

  • Pied poule P&B grande e pequeno;
  • Risca-de-giz com chevron;
  • Xadrez vichy com cores diferentes;
  • Listras com poá, quadrados, losangos, etc.

3. Modelagens exageradas nas mangas, golas e decotes

A modelagem das peças é exagerada, mas não caótica. As roupas são desenvolvidas com estruturas assimétricas, maxi comprimentos, tecidos firmes e golas volumosas. Tudo para impactar o visual!

De todos os tipos de manga, a bufante é a que marca presença na maioria das peças. Ela é usada em croppeds, vestidos, jaquetas, bombers e camisas. Pode ser longa, curta, 3/4 ou manga solta.

No geral, o importante é que a manga chame a atenção. A modelagem bufante faz isso com maestria, mas pode ser substituída pela flare, morcego, pontas soltas, drapeadas ou com recortes.

A modelagem exagerada é ideal para festas informais e eventos conceituais. Por exemplo, a confraternização de uma marca de roupas, a celebração de uma conquista na empresa, um brunch com as amigas ou uma noite num restaurante bacana.

O estilo dramático prepara o visual para o tapete vermelho, independente da ocasião. Por isso, considere usar a estética em festivais também e arrase no contraste inusitado!

Para encontrar roupas dramáticas urbanas em tamanhos plus size, acesse a Almaria Plus!

4. Acessórios chamativos

Os acessórios chamativos são elementos que se destacam em meio às cores e modelagens exageradas. Só tome cuidado com os estilos, cores e tamanhos dos acessórios para não acabar indo para o lado do estilo criativo.

A diferença entre os acessórios do estilo dramático e do criativo é que o primeiro preza pela harmonização entre as peças, enquanto o criativo une elementos que diferem da sua estética e que ninguém pensou antes.

Portanto, dramatize com óculos de armações geométricas e lentes coloridas, braceletes largos, mix de colares curtos e longos, anéis robustos de resina, cintos com fivelas largas e acessórios com spike.

5. Calçados conceituais

Os calçados conceituais costumam ter formatos robustos e estruturas bem diferenciadas, perfeitas para adornar a estética dramática. Saltos geométricos, tecidos transparentes e amarrações são alguns dos detalhes que fazem parte da ideia.

Calçados para investir:

  • Mules e Clogs com spike, pedras, correntes e texturas;
  • Tênis grafitados, com sola grossa ou cano alto;
  • Coturnos e botas tratorados, em couro ou verniz;
  • Mocassim preto ou branco;
  • Scarpin colorido, estampado ou com enfeites.

Com essas opções você pode até montar um guarda-roupa inteligente, já que há tênis para o dia a dia, saltos para eventos, coturnos/botas de inverno e sapatos sociais. São sapatos que deixam o look mais interessante e se encaixam em várias ocasiões.

6. Bolsas assimétricas

As bolsas assimétricas completam o visual com muito drama. Aqui, o segredo é apostar em bolsas com alças de correntes, cordas entrelaçadas, cores chamativas e/ou formatos diferentes.

Há designs que contam com fivelas estampadas de animal print, formas geométricas coloridas e pedras grandiosas.

Ideias de combinação:

  • Peças em couro + bolsa preta com spike;
  • Macacão jeans com manga bufante + bolsa envelope.
  • Blazer e vestido preto + bolsa neon;
  • T-shirt e biker shorts + bolsa de acrílico colorida.

As bolsas fecham o visual com chave de ouro e fazem a diferença no look.

E aí, gostou de conhecer mais sobre esse estilo? Com as nossas 6 dicas, você conseguirá montar visuais inovadores que exalam muita moda. Continue acompanhando nosso blog para mais estratégias de moda!

Aproveite para conhecer também:

Moda anos 80: como usar e arrasar

Estilo casual: 10 peças para investir

Avalie este post

Deixe um comentário